Storytelling e a arte de contar histórias com conteúdo.

A transformação digital acontece todos os dias e já é amplamente conhecida por moldar e aperfeiçoar o comportamento dos usuários online. Quando falamos na área de conteúdo e redes sociais, manter-se sempre atualizado é uma tarefa ainda mais essencial, pois uma estratégia que funcionava seis meses atrás, por exemplo, pode não funcionar hoje. Quando pensamos em construção de marca, este pensamento é ainda mais necessário, pois cada uma é única e deve receber atenção exclusiva em cada uma de suas frentes estratégicas. E justamente quando pensamos nisso, uma pergunta deve ser respondida: qual é a história que seu conteúdo quer contar?

A resposta é complexa, e para entendê-la é preciso pensar em outro conceito: o storytelling, que também é conhecido como a arte de envolver seu público através de histórias cativantes. Em outras palavras, o emissor da mensagem utiliza diversos elementos para entregar ao receptor sua história com uma única premissa: que independente do momento em que a mensagem for recebida, a interpretação seja correta, positiva e que, de preferência, represente uma continuidade.

Como exemplo prático e relacionando às redes sociais, vamos pensar em um exemplo bem sucedido para entendermos o storytelling na prática.
Imagine que um seguidor vê um post da sua marca no LinkedIn e, uma semana depois, se depara com outro post do seu negócio no Instagram. E que este seguidor, antes de olhar a quem pertence essa conta, percebe que um destes conteúdos (o do Instagram ou LinkedIn) se trata de um conteúdo seu. Isso significa que você está contando uma boa história em suas redes sociais. E o contrário também é uma possibilidade: se alguém encontrar um post seu e pensar em um de seus concorrentes antes de pensar em você, por exemplo, talvez seja o momento de analisar sua estratégia de comunicação.

 

Contar histórias nas redes sociais… será que é mesmo necessário?

A construção de uma marca, tal como sua presença online, não é construída de um dia para o outro. É um processo complexo e que envolve desde estudo das cores que melhor representam a essência da sua empresa até o tom de voz utilizado em todos seus conteúdos. Entretanto, uma vez identificada a importância de desenvolver um storytelling contínuo e bem estruturado, os passos seguintes são muito mais simples.

 

Por que apostar em storytelling em minhas mídias sociais?

Quando pensamos em principais razões para apostar em storytelling, é inevitável lembrar de várias. Abaixo, confira cinco motivos que fazem com que o storytelling seja essencial:

 

Confiança

Quando o consumidor final acompanha suas redes sociais e se engaja com seu conteúdo, uma relação é iniciada. Essa relação pode ser positiva ou negativa, pois isso proporciona uma abertura e um contato direto com seu público-alvo. Uma vez que seu público acredita no que você publica, uma relação de confiança é iniciada, o que muito provavelmente pode levar a uma conversão em breve.

 

Fidelidade

Uma vez que o consumidor já é seu cliente e acompanha suas redes sociais, é inevitável que ele continue acompanhando tudo que sua marca produz. E isso, além de gerar confiança, também é mais um esforço para a fidelização do consumidor final e reforço da vontade e desejo de voltar a fazer negócios com sua marca.

 

Humanização

Um fator que está sempre nos principais requisitos de uma boa inteligência artificial é a humanização, ou seja, transformar algo tecnológico em algo muito próximo do ser humano. Para o conteúdo nas redes sociais, isso também é necessário. Consumidores tendem a confiar e engajar mais com conteúdos que se identificam, e características humanas podem ser um bom caminho para que isso aconteça.

 

Consistência

Para que as características anteriores sejam verdadeiras, seu conteúdo precisa ser consistente. Não adianta ser humanizado em um post e soar como um robô no post seguinte. No storytelling de qualquer conteúdo, a consistência é primordial e deve ser respeitada sempre. Lembre-se: arriscar é bom, mas saber quando arriscar é essencial.

 

Engajamento

Quando o assunto é conteúdo, podemos dizer que engajamento é a moeda mais valiosa do mundo! Um bom storytelling resulta em uma boa aceitação pelo público em diversos momentos, e o mais importante deles é o engajamento. Comentários, marcações, reações ou compartilhamentos são os resultados de uma fórmula que une todas as características descritas acima e, quando falamos em números, também é muito relevante, pois é o engajamento quem irá ditar os big números nas redes sociais, como impressões, alcance e seguidores.

De maneira geral, quando pensamos em gestão de redes sociais, seja para marcas grandes ou em ascensão, a concorrência luta não só pela conversão em si, mas também pela conquista da atenção de seus seguidores. É um trabalho contínuo e árduo, mas como citado acima, os resultados positivos fazem todo este processo valer a pena.

Comentar